Como fazer esfoliação do couro cabeludo de maneira correta e sem danificar

Aprenda mais sobre essa técnica simples, mas maravilhosa para cuidar dos cabelos: esfoliação do couro cabeludo.

Um couro cabeludo saudável gera um cabelo saudável. E assim como a pele, a esfoliação do couro cabeludo também faz maravilhas!

No dia a dia, estamos suscetíveis ao acúmulo de sujeiras e gorduras no nosso couro cabeludo, o que faz com que os cabelos tenham um aspecto feio, mal cuidado, oleoso e opaco. A lavagem capilar também acaba deixando resíduos que colaboram para esse cenário. E é aí que surge a necessidade de fazer a esfoliação do couro cabeludo, que proporciona uma limpeza profunda e confere mais saúde e beleza para os cabelos.

Conheça os benefícios da esfoliação do couro cabeludo

Os benefícios desse tratamento são vários, dentre eles, podemos destacar:

  • Estimula a circulação
  • Desobstrui os poros
  • Facilita a entrada de nutrientes
  • Estimula o crescimento do cabelo
  • Melhora o cenário da calvície inicial
  • Diminui a Queda dos cabelos
  • Limpa profundamente os fios e o couro cabeludo
  • Combate a Oleosidade
  • Reequilibra o pH dos Fios
  • Elimina Bactérias

Isso tudo acontece pois a esfoliação do couro cabeludo estimula a circulação sanguínea e desobstrui os poros. Essa medida facilita a entrada dos nutrientes o que consequentemente faz com que o cabelo fique mais saudável e forte.

Também, ao eliminar o sebo e a oleosidade em excesso, também estimula o crescimento e diminui a queda, pois quando há oleosidade alta nos fios, ela vira uma espécie de “cola” e dessa forma gruda fios novos e fios antigos, e na hora de pentear o cabelo, por estarem grudados, você acaba retirando o fio que já está no final de seu ciclo junto com o novo.

Para quem é mais indicado?

Pessoas com alta oleosidade capilar, com caspa, queda capilar, irritação no couro cabeludo, ou pessoas que usam muitos produtos que se acumulam no cabelo, como é o caso de óleos, cremes, leave in e reparadores de pontas.

A frequência do tratamento é geralmente quinzenal, mas em alguns casos pode ser semanal. Consulte sempre um profissional para saber qual é a melhor frequência para o seu caso.

Tenho psoríase, posso fazer esfoliação do couro cabeludo?

Para quem tem psoríase, a esfoliação do couro cabeludo pode ser pior, já que dependendo da força utilizada na esfregação, pode haver um efeito rebote, já que isso gera irritação e agressão no couro.

Portanto, pode ser que gere ainda mais descamação! O melhor a fazer é consultar com um dermatologista e trazer a questão da esfoliação do couro cabeludo.

Como é feita a esfoliação?

É um processo relativamente simples, portanto pode ser feita tanto em casa quanto no salão de beleza. O processo é de acordo com o seguinte:

  1. Com o cabelo seco e uma escova específica (como as de cerdas de javali) penteie bem o cabelo para retirar todas as células mortas.
  2. Agora é a hora de aplicar o produto para o detox capilar de sua preferência
  3. Com o produto no couro, utilize a escova novamente
  4. Agora, massageie o couro cabeludo por pelo menos 10 minutos

Depois, é só lavar normalmente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *