Manchas na pele: conheça os tipos de mancha e saiba com quais se preocupar!

Manchas na pele sempre geram preocupação. O que pode ser? Como tratar? E como identificar cada tipo de mancha? É possível? Vamos ver alguns dos tipos mais comuns.

As manchas na pele são um problema muito comum, sendo estas essencialmente causadas pela exposição solar excessiva, no entanto a gravidez, as borbulhas, os perfumes, o sol, a idade, as alterações hormonais, medicamentos são alguns dos outros responsáveis pelo seu aparecimento. Apesar de gerarem preocupação são bastante comuns, e podem acontecer pelos mais diversos fatores, sendo o mais comum a exposição ao sol, mas também acne, alterações hormonais, envelhecimento, entre outros. Porém em alguns casos existem manchas que aparecem sem razões aparentes.

Como sabemos a melanina é o elemento responsável pela cor da nossa pele, deste modo e para atenuar as manchas é fundamental que a produção de melanina seja inibida. Uma vez que esta ao ser inibida as manchas existentes iram-se dissuadir e até mesmo desaparecer. Tendo em conta que a inibição da produção de melanina leva ao desaparecimento de manchas, este processo de diminuição também levará à inibição do aparecimento de novas manchas. Deste modo se tem manchas na sua pele é fundamental que procure um dermatologista que possa acompanhar o seu caso de forma a poder trata-lo da forma mais rápida e eficaz.

Alguns tipos de manchas na pele

Melanoma

Esse tipo de  mancha é o primeiro da nossa lista por ser o mais perigoso. O Melanoma é um tipo de câncer de pele, um dos mais perigosos. É mais comum em pessoas acima dos 50 anos de idade.

A principal causa do melanoma é a exposição UV (radiação ultra violeta) em indivíduos com níveis baixos de pigmentação.

O tipo mais comum de melanoma  é plano e irregular e ocorre em tons diferentes de preto e marrom, e pode também aparecer como uma área elevada de cor preta azulada ou vermelha azulada.

Um fator de risco é ter muitas pintas, caso seja o seu caso, visite um médico regularmente.

Melasma

O melasma, mancha que incide principalmente sobre as mulheres, surge como consequência do aumento da melanina no organismo.

Tem formato parecido com asas de uma borboleta e coloração castanha. As causas mais comuns são exposição ao sol, alterações hormonais inclusive devido a gravidez e predisposição genética.

Manchas senis

Como o próprio nome já diz, são manchas ligadas a senilidade, ou seja, ao envelhecimento.

A tonalidade é mais puxada pro marrom e o formato é arredondado, e podem surgir a partir dos 40 anos de idade.

Dermatite

São manchas marrons derivadas de alergias a certos produtos ou alimentos.

Fitofotodermatite

Esse tipo de mancha tem uma tonalidade marrom puxada pro vermelho, e suas causas são contato com frutas cítricas, ácidas ou novamente, exposição solar.

Micose

A micose se mostra como várias manchas pequenas e esbranquiçadas, e o causador desse tipo de mancha é um fungo.

Manchas de diabetes

São manchas escuras que aparecem ao redor do pescoço, axilas, mamas ou pregas cutâneas devido a diabetes ou resistência a insulina.

Sardas

As bonitas pintinhas no rosto são manchas pequenas e claras que vem de predisposição genética, e que podem escurecer com a exposição ao sol.

Vitiligo

O vitiligo é uma doença que faz manchas brancas surgirem na pele. Suas causas ainda são desconhecidas.

Como evitar e tratar manchas na pele

Alguns cuidados são comuns e essenciais a todos os tipos de manchas na pele. São eles:

  • Usar protetor solar de fator alto sempre que sair de casa
  • Hidratar a pele
  • Evitar exposição ao sol em excesso, principalmente no horário de 10h as 16h.
  • Não espremer cravos ou espinhas

Sempre que identificar uma mancha na pele, o mais indicado é procurar um profissional especializado. Ele conseguirá averiguar o problema e indicar o melhor tipo de tratamento. Não se descuide!

Atualmente também já existem no mercado inúmeros cosméticos que poderão eliminar e atenuar o aparecimento de manchas em noventa porcento, sendo que estes para alem de terem esse benefício também aumentaram a qualidade e beleza da pele. No entanto devo salientar que este género de tratamentos deve ser realizado no mínimo durante um ano para que possa ser totalmente eficaz.

Apesar de existirem causas bem comuns para o surgimento das manchas na pele, como dito, é importante sempre procurar um médico para averiguar a questão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *